Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
ou

RedeProSolidarios

A REDE é uma ONG que tem larga experiência na mobilização cidadã. Atua junto a comunidades para apoiar processos de organização na busca da melhoria das condições de vida e da cidadania plena.

Como chegar

Clique aqui para acessar o mapa e saiba como chegar à Rede de Profissionais Solidários pela Cidadania.

Agende-se

 Voltar a Conteúdo Seminário (Vozes de Salvador)
Tela cheia

GESTÃO POLÍTICA E TRANSPARÊNCIA PÚBLICA

1 de Setembro de 2015, 12:09 , por Lays Britto - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 10 vezes
  • Levantamento efetivo e divulgação do passivo financeiro da PMS;
  • Realização de auditorias e apuração de desvios relacionados ao Metrô, ao abuso da TRANSCOM e a outros escândalos;
  • Adoção de um sistema que garanta transparência efetiva das contas públicas municipais de modo acessível para não especialistas e pela internet;
  • Gestão urbana participativa, com efetiva descentralização da gestão, consultas públicas e apreciação pelo Conselho da Cidade no caso de intervenções globais na urbe e setoriais nos bairros;
  • Construção de política de incentivo à participação popular de longo prazo, com ações de pedagogia da participação envolvendo espaços (escolas, instituições municipais diversas etc), na abordagem de temas diversificados (urbanismo, educação, saúde, etc) de modo a criar uma cultura que garanta real governança participativa;
  • Estímulo à constituição e consolidação de associações de moradores efetivamente representativas;
  • Implementação efetiva do Orçamento Participativo com base em metodologias desenvolvidas no Brasil, notadamente a experiência de Porto Alegre;
  • Fortalecimento de todos os conselhos para a efetiva democratização da cidade.
  • Empenho na criação de uma gestão metropolitana da RMS (via consórcio, câmara de compensação, Território de Identidade Metropolitano etc) inclusive para solucionar problemas de receita de Salvador no que diz respeito à relação população x arrecadação x gastos em serviços;
  • Empenho na busca de uma liderança política metropolitana para Salvador, com aproveitamento das estruturas institucionais já existentes nos municípios de modo a não acarretar altos custos na implantação de novas instituições;
  • Reforma da gestão da cidade de modo a torná-la menos setorializada, através da coordenação entre as secretarias;
  • Implantação de planos de carreira e valorização dos servidores públicos competentes e honestos, acabando com o loteamento das secretarias de modo a não prejudicar a qualidade do serviço prestado à população;
  • Reconhecimento do conflito fundiário urbano e empenho em resolver esta questão;
  • Transparência nas regras para a realização de empreendimentos, contemplando o empresariado que trabalha honestamente.

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.